1ª Corrida de rua Unigrande

No dia 10 Novembro, a partir das 7h, acontecerá a I Corrida de rua Unigrande, promovida pela coordenação do curso de Educação Física

As inscrições já estão disponíveis e todos poderão participar. Basta acessar o link: https://forms.gle/6PdVc2AbRmwWJDwJ9Se preferir realizar presencialmente, basta dirigir-se a APEC no período de 08h às 17h.

Corrida de rua têm custo zero e fazem bem à saúde

A corrida, a caminhada e o ciclismo são exercícios que, além de emagrecer, previne “doenças como  de osteoporose, doenças cardíacas, cânceres de ovário e mama, distúrbio do sono, melhora a disposição e a capacidade cardiorrespiratório.

Essa atividade exige que o participante tenha alguns cuidados como usar um tênis confortável, roupas leves, levar sempre uma garrafa com água para manter-se hidratado, usar protetor solar, evitar correr em calçadas, estar sempre atento a possíveis obstáculos que possam surgir (carros, buracos, crianças, postes ou obras na via), manter uma distância de segurança dos outros participantes, são algumas das orientações necessárias para sua segurança durante a corrida.

Contra o sedentarismo 

De acordo com a Secretaria Especial do Esporte, promover a atividade física regular é um desafio de grandes proporções no Brasil. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2017, 62,1% dos brasileiros com 15 anos ou mais não praticaram qualquer esporte ou atividade física em 2015. Isso quer dizer que 100,5 milhões de pessoas, de um total de 161,8 milhões nessa faixa etária, não faziam qualquer tipo de atividade física.

Todos os anos, segundo informações da Organização Mundial de Saúde, mais de 3 milhões de pessoas no mundo morrem por doenças que poderiam ser prevenidas com a prática regular de atividade física. O sedentarismo é considerado o quarto mais importante fator de risco de morte no mundo.

Um outro estudo, esse realizado pela Secretaria Especial do Esporte, chegou a resultado similar. O Diagnóstico do Esporte (Diesporte) coletou informações sobre práticas esportivas e atividades físicas relativas a 2013. Ao todo, foram 8.902 entrevistas. O resultado apontou que 45,9% da população entre 14 e 75 anos era formada por sedentários. O estudo indicou, também, que as mulheres praticam menos atividades físicas que os homens.

Fonte: Secretaria Especial do Esporte

Para mais informações, entre em contato com a coordenação do curso de Educação Física ou acesse o nosso site: www.unigrande.edu.br.

Divulgue! Participe!  

 

compartilhe