Um dos momentos mais desejados e emocionantes da vida do estudante é a colação de grau. O evento representa a conclusão de vários anos de esforços nos estudos, a sensação de dever cumprido e a transição da vida acadêmica para a profissional.

Entendendo que esse acontecimento tem uma importância muito grande para os estudantes, o Centro Universitário Unigrande sempre procura planejar tudo com muito carinho e cuidado, prezando pelo conforto, felicidade e segurança dos alunos e convidados (pais, irmãos, padrinhos e amigos).

A colação de Grau do primeiro semestre de 2021 não foi diferente, o Unigrande manteve a atenção e dedicação no planejamento da cerimônia. Porém, devido a pandemia de Covid-19, que obrigou a todos a seguirem as normas de prevenção de contaminação e proliferação do coronavírus, a festividade foi celebrada de outra forma. A solenidade, que antes era marcada por discursos, agradecimentos e juramentos acompanhados de lágrimas de felicidades de formandos e familiares, aconteceu no estilo drive-thru, para não provocar aglomerações e para respeitar o distanciamento social entre os participantes.

Antônio Victor bastante emocionado recebe apoio da professora Cristiane Mendonça, reitora.

No entanto, mesmo sem poder realizar o evento da forma tradicional, felicidade e emoção foram os sentimentos mais exibidos durante a solenidade 2021.1. Relatos de vida e estudos de graduandos comoveram os professores, colaboradores e demais alunos que estiveram presentes. Foi o caso de Antônio Victor C. Souza, graduando em Administração, que estava acompanhado de seus pais e bastante emocionados. Ao receber o diploma das mãos da reitora, professora Cristiane Mendonça, ele não conseguiu segurar as lagrimas. Ele relatou que a graduação representa um momento muito especial na sua vida.

“Desde o ensino médio tinha convicção do que eu queria e lutei muito para realizar esse sonho. Corri atrás do meu objetivo sem se importar com a distância. sabia de todas as dificuldades que iria enfrentar nesses longos quatro anos. Eu saia de Canindé – município distante 115 quilômetros de Fortaleza – às quatro da manhã e retornava às cinco da tarde. Todo dia nessa jornada, nesses quatro anos. Hoje, tenho certeza que valeu à pena. Sou grato a Deus por ter conseguido realizar esse sonho. Também tenho gratidão eterna ao Unigrande e a todos que compõem a instituição. Aqui eu evolui muito como profissional e como pessoa. Aqui foi uma grande casa para mim.”

Abraçado ao pai, graduando agradece o incentivo da família

Seu pai, senhor Miguel Alves, bastante comovido com o momento, olhava para o filho como se não acreditasse no que estava acontecendo, ao mesmo tempo que comentava sobre a importância da graduação e do diploma que Victor estava recebendo.

“É muito importante para toda a família. Morando no interior eu não tive essa oportunidade. A gente se preocupava em trabalhar para comer, para conseguir o alimento para a família. Lá não tinha escola nem faculdade, quase não aprendi a ler, mas lutamos muito para que ele chegasse até aqui”, concluiu.

Victor não foi o único, vários outros alunos e alunas não conseguiram as lágrimas de emoção. Afinal, os dois últimos anos têm sido bastante desafiador para alunos e professores.

 

Arquivos de fotos do evento, clique aqui

compartilhe