O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta segunda-feira (27), o Edital do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre de 2021. O prazo para inscrições termina na próxima sexta (30). Candidatos interessados podem efetuar a inscrição por meio do portal do programa até a próxima sexta-feira (30). O resultado dos pré-selecionados em chamada única será divulgado na próxima terça-feira, 3 de agosto.

Estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2012, que tenham obtido potuação mínima de 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota superior a zero na redação do exame, podem pleitear uma bolsa no programa de financiamento deste ano.

Atenção: Também podem solicitar o financiamento, desde que atendam às condições previstas no edital, alunos do Unigrande que estejam inadimplentes com a insituição, assim como os veteranos, desde que não tenham concluído o curso superior.

O Fies tem por objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores particulares, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação e ofertados por instituições aderentes ao programa.

Os resultados estarão disponíveis a partir do dia 03 de agosto de 2021. O candidato que não for convocado na chamada única regular já estará automaticamente na lista de espera.

O candidato interessado deverá realizar o cadastro, exclusivamente pela internet, por meio do sistema de seleção do Fies – FiesSeleção até o dia 30 de julho. O sistema ficará disponível no período de inscrição.

Informações e inscrições no site portalfies.mec.gov.br

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação, instituído pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições de educação superior não gratuitas aderentes ao programa.

O novo Fies é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e oferece uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Candidatos terão de 27 a 30 de julho para efetuar a matrícula

Assessoria de Comunicação Social do MEC

O que é FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitas na forma da Lei 10.260/2001. Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Em 2010, o FIES passou a funcionar em um novo formato: a taxa de juros do financiamento passou a ser de 3,4% a.a., o período de carência passou para 18 meses e o período de amortização para 3 (três) vezes o período de duração regular do curso + 12 meses. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) passou a ser o Agente Operador do Programa para contratos formalizados a partir de 2010. Além disso, o percentual de financiamento subiu para até 100% e as inscrições passaram a ser feitas em fluxo contínuo, permitindo ao estudante o solicitar do financiamento em qualquer período do ano.

A partir do segundo semestre de 2015, os financiamentos concedidos com recursos do Fies passaram a ter taxa de juros de 6,5% ao ano com vistas a contribuir para a sustentabilidade do programa, possibilitando sua continuidade enquanto política pública perene de inclusão social e de democratização do ensino superior. O intuito é de também realizar um realinhamento da taxa de juros às condições existentes no ao cenário econômico e à necessidade de ajuste fiscal.

Fies: Tutorial de inscrição

Fonte: MEC

compartilhe