João XXIII em festa

No próximo domingo (02/06), os moradores do bairro João XXIII estarão em festa com o 56° aniversário do bairro e o Centro Universitário Unigrande, instituição de ensino com mais de 19 anos de atuação na região, deseja felicidades e muito sucesso a cada morador da comunidade.

Em uma época de muitas dificuldades e que muitos duvidavam do potencial do bairro João XXIII, o Unigrande acreditou que a educação seria um importante instrumento para a transformação da comunidade, investiu na capacidade de desenvolvimento e criatividade dos moradores e fundou o maior centro universitário da região. É justamente por esse motivo que o Unigrande tem muito orgulho de fazer parte dessa história.

Parabéns a todos que diariamente contribuem para o desenvolvimento do bairro e da cidade. O Unigrande deixa sua mensagem de esperança e agradecimento a toda essa gente que trabalha e sonha com um futuro melhor.

História do Bairro

Uma homenagem ao Papa João XXIII, falecido em 1963, o Bairro João XXIII festeja seus 56 anos de fundação. O que antes era só mato e poucas casas, distantes umas das outras, hoje tornou-se um bairro próspero, com cerca de 144 quarteirões – boa parte com saneamento básico – ruas asfaltadas, avenidas largas, escolas públicas e privadas, lojas, fábricas de confecções, universidade, postos de saúde e delegacia.
O João XXIII é um dos poucos bairros de Fortaleza que tem um calendário de eventos. No final de Junho e início de julho, comemora-se a tradicional festa do São Pedro, já em sua 42° edição. Forró, comidas e bebidas típicas fazem a alegria da população.
O Bairro cresce a partir do local onde hoje fica a Praça Governador César Cals, popularmente conhecida como Praça do João XXIII. A região, antes de ser denominada de Bairro João XXIII, teve vários loteamentos: Parque Santa Fé, Parque Santa Cruz, Parque Aurora, Jardim Aclimação, Conquista, Parque São Luís e Pici das Pedreiras. Os transportes públicos eram feitos só do Centro para Parangaba. A única via de acesso era o Beco Novo, estreito, cheio de buracos e muita poeira, atualmente, a Rua Perdigão de Oliveira.O João XXIII, oficialmente, foi fundado em dois de junho, em homenagem ao Papa João XXIII, que faleceu em 1963, quando poucas famílias residiam no local. As casas distanciavam-se, uma das outras, por mais ou menos 200 metros. Nos diversos loteamentos da área, predominavam as matas verdes. Não havia estradas, escolas ou postos de saúde. Tudo era concentrado no Centro ou em Parangaba.

 

compartilhe