O Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará), ligado à Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), realizou, nesta quarta-feira (29), solenidade em comemoração aos 50 anos da instituição. Na ocasião, a entidade promoveu uma homenagem às pessoas que contribuíram, e ainda contribuem, para o desenvolvimento do IEL Ceará, entre elas Roseanne Oliveira Pimentel, Consultora do IEL e professora do curso de Administração do Centro Universitário Unigrande.

A solenidade teve início com o descerramento de uma placa alusiva à data no hall de entrada da Casa da Indústria e, em seguida, a superintendente do IEL Ceará, Dana Nunes, conduziu a entrega das homenagens. Além da professora Roseanne Pimentel, também foram homenageados o presidente Ricardo Cavalcante, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Maria Nailde Pinheiro Nogueira, o reitor da UFC, Cândido Albuquerque, o presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Júnior Castro, o diretor técnico do Sebrae Ceará, Alci Porto, o diretor de inovação da FIEC, Sampaio Filho, além de representantes do IEL, do SESI e do SENAI Ceará.

A superintendente do IEL Ceará, Dana Nunes, explica que o reconhecimento pelas parcerias segue a essência do Instituto na atualidade. “Estamos comemorando o aniversário dos 50 anos premiando as melhores práticas, as iniciativas mais inovadoras no Estado. Roseanne é muito importante para o IEL, ela nos ajuda muito, tira dúvidas sobre diversos problemas. É a pessoa que podemos contar nos momentos mais difíceis. É uma profissional qualificada que sempre traz novidades. Nos sentimos amparados por ela.”

Roseanne descreve a homenagem como um momento alegria e de agradecimentos pois acredita que o trabalho e as parcerias são importantes para que se possa atingir os objetivos desejados.

“Quando temos um propósito em que acreditamos as forças convergem e o crescimento é mútuo. Me sinto muito honrada e emocionada em receber essa homenagem nos 50 anos do IEL Ceará pelas mãos da querida Dana Nunes, Superintendente e grande líder. Por esse prêmio, muito obrigada!”

Além de fazer um resgate da histórico da instituição, a atividade promove um exercício de reflexão sobre a tecnologia e o ser humano. O evento ainda contou com a palestra do darwinista digital, futurista, professor e consultor Carlos Piazza.

Com o tema “Tecnologias e Humanidade, Sociedade 5.0, Vida 3.0 e 5ª Revolução Industrial”, a palestra proporcionou uma reflexão sobre a essência do mundo digital e a visão da sociedade.

 Instituto Euvaldo Lodi

Criado pela Confederação Nacional da Industria em 30 de setembro de 1971, com o objetivo de aproximar a indústria da Academia, por meio de estágios supervisionados, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará) chega a meio século de existência com um novo posicionamento no mercado e com um olhar cada vez mais voltado às necessidades das empresas e do futuro.

O IEL iniciou suas atividades com uma proposta avançada para a época: aproximar os estudantes das linhas de montagem por meio de estágios supervisionados.

O Instituto encontra-se nos 26 estados e no Distrito Federal, atuando no aperfeiçoamento da gestão, capacitação empresarial, estágio e programas de trainee, além de consultorias para empresas de todos os portes, contribuindo para a geração de novos negócios, para a inovação e consequente aumento da competitividade da indústria em diversos segmentos.

 

Por Franzé de Sousa

 

 

compartilhe