“A grandeza não consiste em receber as honras, mas em merecê-las.” A frase, de Aristóteles, se encaixa perfeitamente para expressar a trajetória dos mantenedores do Centro Integrado da Grande Fortaleza – UNIGRANDE, os engenheiros José Liberato Barrozo Filho e Julio Pinto Neto, que desde o ano 2000 vêm empenhando-se em fazer do Centro Universitário da Grande Fortaleza – UNIGRANDE um lugar que oferta educação de qualidade.

Imagem aérea do Centro Universitário Unigrande
Simbolizando a coragem e ousadia dos dois, em trazer para um bairro periférico de Fortaleza uma instituição que faz uso da tecnologia a favor da universalização e qualificação do ensino superior no estado e região, foi instalado na entrada do campus do UNIGRANDE um monumento que faz uma analogia a diamantes. Com quatro metros de altura e três de largura, toda em alumínio escovado e em formato hexagonal, o monumento é inspiração do Diretor Geral do Centro Universitário – UNIGRANDE, José Liberato.

A escultura, além de representar a sociedade dos mantenedores, é também uma homenagem as recordações e esperança no que está por vir de todos que passaram e fazem parte desse Centro Universitário. Afinal, cada um, a seu modo, vem afirmar a ideia de que o UNIGRANDE ajuda a lapidar grandes profissionais e é relevante que alunos e comunidade possam perceber isso, inclusive visualmente através do monumento.

 MEC

compartilhe